PENSAMENTO CRÍTICO E SUAS ESTRATÉGIAS NO ENSINO DE CIÊNCIAS DOS ANOS INICIAIS A PARTIR DE PESQUISAS BRASILEIRAS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22407/2176-1477/2024.v15.2437

Palavras-chave:

práticas, reflexão, Ensino Fundamental

Resumo

As necessidades atuais da sociedade requerem a formação de cidadãos ativos e críticos, capazes de posicionar-se e tomar decisões. Para isso, é importante que o Ensino de Ciências (EC) promova estratégias que visem o Pensamento Crítico (PC) dos alunos. Assim, objetivamos identificar e analisar teses e dissertações presentes na Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD), no Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), que contemplaram estratégias de PC no EC dos Anos Iniciais (AI). Utilizamos os descritores: “Ensino de Ciências” e “Séries Iniciais”, sem data estabelecida, buscando por pesquisas que traziam em seu corpus o tema PC e estratégias de ensino promotoras do PC. Dessa busca selecionamos 16 pesquisas, sendo 4 teses e 12 dissertações, que foram analisadas pela Análise de Conteúdo de Bardin (2016) e organizadas nas categorias: i) Concepções de PC e ii) Estratégias promotoras de PC. Ao longo da pesquisa foi possível identificar diferentes concepções da temática bem como compreender várias estratégias que promovem o PC. A constatação da necessidade de formação de professores com relação ao Pensamento Crítico, exige a preparação desses profissionais com estudos teóricos e práticos acerca do PC. Dentro desses estudos, os professores podem desenvolver materiais didático-pedagógicos que sejam elaborados intencionalmente para a promoção do PC. 

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016.

BARROS, K. L. O.; ANDRADE, T. J. P.; PAULETTI, F.; MALHEIRO, J. M, S.; CANTORANI, J. A. H. O barquinho de papel que viaja sozinho: evidenciando a Alfabetização Científica no Ensino de Ciências por investigação. Ensino de Ciências e Tecnologia em Revista – Encitec, v. 13, n. 1, p. 216-233, jan./abr. 2023. Disponível em: https://san.uri.br/revistas/index.php/encitec/article/view/960/564. Acesso em: 7 jul. 2023.

BDTD. Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações. Brasília, DF, 2023. Disponível em: BDTD (ibict.br). Acesso em: 20 abr. 2023.

BITTENCOURT, Z. A.; SCATOLIN, P. Práticas inovadoras no Ensino Fundamental: um debate a partir de uma pesquisa de estado do conhecimento. Contexto & Educação, Ijuí: Editora Unijuí, v. 38, n. 120, p. e11372, 2023.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. Acesso em: 20 maio 2023.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília. MEC; SEB. 1996.

BROIETTI, F. C. D.; GÜLLICH, R. I. C. O ensino de ciências promotor do pensamento crítico: referências e perspectivas no Brasil. In: KIOURANIS, N. M. N. et al. Pensamento crítico na educação em ciências: percursos, perspectivas e propostas de países Ibero-americanos. São Paulo: Livraria da Física, 2021.

ENNIS, R. H. A logical basis for measuring critical thinking skills. Education Leadership, 1985.

ENNIS, R. H. Critical thinking across the curriculum: The Wisdom CTAC Program. Inquiry: Critical Thinking Across the Curriculum, v. 28, n. 2, p. 25-45, 2013.

FAÇANHA, A.A.B; CHIANCA, R. C; FELIX, C.P. O Pensamento Crítico no contexto da Alfabetização Científica: um estudo com futuros professores de Ciências. Revista Ciências & Ideias, v. 10, n. 2, p. 42-55, 2019. Disponível em: https://revistascientificas.ifrj.edu.br/index.php/reci/article/view/946. Acesso em 04 de nov. 2023.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GEOCAPES. Sistema de Informações Georreferenciadas. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Capes, 2023. Disponível em: https://geocapes.capes.gov.br/geocapes/. Acesso em: 27 jul. 2023.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

MATTOS, K. R. C.; WALCZAK, A. T.; GÜLLICH, R. I. C. Experimentação investigativa nos livros didáticos de biologia. SBEnBIO, Maringá, n. 9, p. 392-403, 2016. Disponível em: http://sbenbio.org.br/wp-content/uploads/edicoes/revista_sbenbio_n9.pdf. Acesso em: 25 maio 2023.

MATTOS, K. R. C.; GÜLLICH, R. I, C.; TOLENTINO NETO, L. C. B. Pensamento crítico na ciência: perspectiva dos livros didáticos brasileiros. Revista: Contexto e Educação, v. 36, n. 114, 2021. Disponível em: https://www.revistas.unijui.edu.br/. Acesso em: 2 maio 2023.

MERCHAN, N. T.; SOLBES, J. Contribuciones de una intervención didáctica usando cuestiones sociocientíficas para desarrollar el pensamiento crítico. Enseñanza de las Ciencias: Revista de Investigación y Experiencias Didácticas, v. 34, n. 2, p. 43-65, 2016. Disponível em: https://raco.cat/index.php/Ensenanza/article/view/309279. Acesso em: 15 jun. 2023.

POZO, J. I.; CRESPO, M. A. G. A aprendizagem e o ensino de ciências: do conhecimento cotidiano ao conhecimento científico. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

THOMAS PREUSSLER, V.; MÜNCHEN, S. A educação CTS no Ensino Médio: revisão de pesquisas sobre formação de professores de Ciências. Revista Brasileira de Ensino de Ciências e Matemática, v. 6, n. 1, p. 406-433, 2023. Disponível em: https://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/13798. Acesso em: 24 out. 2023.

TENREIRO-VIEIRA, C.; VIEIRA, R. M. Estratégias de ensino/aprendizagem. Lisboa: Instituto Piaget, 2005.

TENREIRO-VIEIRA, C.; VIEIRA, R. M. Construindo práticas didático - pedagógicas promotoras da literacia científica e do pensamento crítico. Documentos de Trabajo de Iberciencia, n. 2, 2014.

VIEIRA, R. M. Formação em educação em ciências focada no pensamento crítico. In Portugal, G. Andrade, A., Tomaz, C., Martins, F., Costa, J. A., Migueis, M., Neves, R., e Vieira, R. M. (Orgs.), Formação inicial de professores e educadores: experiências em contexto português, p. 187-204. Aveiro: Universidade de Aveiro. (http://ria.ua.pt/handle/10773/12828), 2014.

VIEIRA, R. M.; TENREIRO-VIEIRA, C. Práticas didáticos-pedagógicas de ciências: estratégias de ensino/aprendizagem promotoras do pensamento crítico. Saber & Educar, v. 20, p. 34-41, 2015. Perspectivas Didáticas e Metodológicas no Ensino Básico.

WIRZBICKI, S. M.; DEL PINO, J.; PANSERA-DE-ARAÚJO, M. O conceito energia nas interações entre professores e estudantes mediadas pelos livros didáticos de Biologia. Revista Insignare Scientia, v. 2, n. 1, p. 138-150, 2019.

Downloads

Publicado

2024-04-09

Edição

Seção

Artigos de Revisão