O ENSINO DE QUÍMICA EM TEMPOS DE COVID-19 EM REDENÇÃO DO GURGUÉIA - PI, BRASIL: CONCEPÇÕES DE PROFESSORES E ALUNOS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22407/2176-1477/2022.v13i2.2017

Palavras-chave:

Ensino de química, Ensino remoto, Pandemia, Concepções.

Resumo

Decorrente da pandemia do coronavírus, as aulas foram suspensas e com isso as instituições de ensino, bem como, professores e alunos tiveram que se adaptar e buscar alternativas para dar continuidade ao ano letivo. Neste contexto, o presente trabalho teve como objetivo analisar as concepções de alunos e professores sobre: a realidade escolar e processo do ensino de química em meio à pandemia, bem como compreender os desafios encontrados nesse período com a inserção do ensino remoto na cidade de Redenção do Gurgueia – PI, Brasil. Assim, utilizou-se de uma pesquisa em sua maioria de caráter qualitativa por meio de questionários elaborados no Google Forms e disponibilizado via aplicativo multiplataforma de mensagens instantânea WhatsApp. A partir das análises dos resultados observou-se que a maior dificuldade encontrada pelos professores e alunos é o acesso à internet o que dificulta a participação e interação entre os mesmos. Também, observou-se que todo o ensino da disciplina de química acontece por meio do aplicativo de WhatsApp, sendo essa a única ferramenta de comunicação adotada na escola. O aparelho celular é a única ferramenta utilizada no desenvolvimento e realização destas aulas. Assim, é extremamente importante e necessário a implantação de políticas educacionais que visem minimizar prejuízos de milhares de estudantes brasileiros durante e posteriormente a pandemia de Covid-19.  

Referências

ALMEIDA, P. R.; JUNG, H. S.; SILVA, L. Q. Retorno às aulas: Entre o ensino presencial e o ensino a distância, novas tendências. Revista Prâksis. v. 18, n. 3, p. 96-112. 2021.

ARRUDA, E. P. Educação remota emergencial: elementos para políticas públicas na educação brasileira em tempos de Covid-19. EmRede - Revista de Educação a Distância, v. 7, n. 1, p. 257-275, 2020.

BEHAR, P. A. O Ensino Remoto Emergencial e a Educação a Distância. Rio Grande do Sul: UFRGS, 2020. Disponível em: https://www.ufrgs.br/coronavirus/base/artigo-o-ensino-remoto-emergencial-e-a-educacao-a-distancia/. Acesso em 02 de jun. 2020.

BACICH, L.; MORAN, J. Metodologias ativas para uma educação inovadora: uma abordagem teórico-prática. Porto Alegre: Penso, 2018.

BALDES, M. A. L. A pandemia da covid-19 e os desafios de avaliar a aprendizagem. Revista Educação Pública. v. 21, n. 10, 2021.

BIBLIOSUS. Rede: informação e conhecimento para a Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2020. Disponível em: <https://bit.ly/2BKJalP>. Acesso em: 5 de junho. 2021.

CATANANTE, F.; DANTAS, I. L. S.; CAMPOS, R. C. Aulas on-line durante a pandemia: condições de acesso asseguram a participação do aluno? Revista Científica Educ@ção. v. 4, n. 8, p. 977-988, 2020.

COSTA, R. T. A.; BERSCH, M. E. Experiências e desafios do ensino remoto em tempos de pandemia. In: ALDROVANDI, M.; MATTE, M. L. (Org.). Travessias: experiências de estágio. 1 ed. Lajeado: Editora U’nivates, 2020, P. 56-61.

CORDEIRO, K. M. A. O Impacto da Pandemia na Educação: A Utilização da Tecnologia como Ferramenta de Ensino. 2020. Disponível em: < http://idaam.siteworks.com.br/jspui/bitstream/prefix/1157/1/O%20IMPACTO%20DA%20PANDEMIA%20NA%20EDUCA%C3%87%C3%83O%20A%20UTILIZA%C3%87%C3%83O%20DA%20TECNOLOGIA%20COMO%20FERRAMENTA%20DE%20ENSINO.pdf>. Acesso em: 5 de jun. 2021.

CUNHA, L. F. F.; SILVA, A. S.; SILVA, A. P. O ensino remoto no Brasil em tempos de pandemia: diálogos acerca da qualidade e do direito e acesso à educação. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, v. 7, n. 3, P. 27-37, 2020.

CUNHA, J. C. L. O uso do whatsapp e videoaulas como recurso para aprender matemática. In: Anais do CIET: EnPED: 2020-(Congresso Internacional de Educação e Tecnologias| Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância). 2020.

DAMO, C. M.; FONSECA JUNIOR, O.; SILVA, L. Metodologias ativas e tecnologias digitais no contexto da pandemia: uma revisão sistemática. Disponível em:<https://repositorio.ifsc.edu.br/handle/123456789/2329> Acesso em 27 de abr. 2021.

DARSIE, C.; FURTADO, R. A. Covid-19 e educação básica: reflexões sobre riscos e controle espacial no retorno às aulas presenciais. Roteiro. v. 47, p. 1-20, 2022.

DA SILVA, S. M. inventar educação escolar no Brasil em tempos da COVID-19. Revista Augustus, v. 25, n. 51, p. 237-254, 2020.

DA SILVA, B. S. YAMAGUCHI, K. K. L. A Química no Cotidiano: uma Sequência Didática como Ferramenta para a Aprendizagem de Conceitos Químicos Envolvidos nos Primeiros Socorros. Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, v. 21, n. 3, p. 357-364, 2020.

DIAS, É.; PINTO, F. C. F. A Educação e a Covid-19. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v. 28, n. 108, p. 545-554, 2020.

DOMINGUES, A. T. A interiorização da EAD nas instituições públicas de educação no Estado do Mato Grosso do Sul: Avanços e perspectivas. Horizontes, revista de educação. v. 7, n. 14, 2019.

FIORI, R.; GOI, M. E. J. O Ensino de Química na plataforma digital em tempos de Coronavírus. Revista Thema, v. 18, p. 218-242, 2020.

FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS. Educação Escolar em Tempos de Pandemia. 2020. Disponível em: <https://www.fcc.org.br/fcc/educacao-pesquisa/educacao-escolar-em-tempos-de-pandemia-informe-n-1> Acesso em: 05 de jun. 2021.

GABRIEL, N. S.; MARÇAL, G. A.; IMBERNON, R. A. L.; PIOKER-HARA, F. C. O retorno às aulas no pós-pandemia: estudo de caso e análise comparativa entre o ensino público e o ensino privado. Terrae Didatica, v. 17, n. 00, p. e02105, 2021.

GÓES, C. B.; CASSIANO, G. O uso das Plataformas Digitais pelas IES no contexto de afastamento social pela Covid-19. Folha de Rosto, v. 6, n. 2, p. 107-118, 2020.

GOMES, A. L.; BILESSIMO, S. M. S., SILVA, J. B. S. Aplicação de sequência didática investigativa com uso de laboratórios on-line do ensino de Química em turmas do ensino médio em uma escola pública: Uma pesquisa-ação. Experiências em Ensino de Ciências, v.15, n.1, p.499519, 2020.

GRESCZYSCZYNA, M. C. C.; FILHO, P. S. C.; MONTEIRO, E. L. Aplicativos Educacionais para Smartphone e sua Integração Com o Ensino de Química. Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, v. 17, n. 5, p. 398-403, 2016.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal 2019. Pesquisa

Nacional por Amostra de Domicílios Contínua - PNAD Contínua. 2021. Disponivel em:<https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv101794_informativo.pdf> Acesso em 1 maio 2021.

KALINKE, C.; POLLA, P. T. B. Elaboração de jogos lúdicos de química com aplicação no ensino médio. Pato Branco. Trabalho de Conclusão de Curso – Licenciatura em Química. Universidade Tecnológica Federal do Paraná. 2011. Disponível em: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/300. Acesso em: 14 abr. 2021.

KRONBAUER, A. H. Um desenho metodológico para engajar e motivar os alunos nas aulas remotas na pandemia do Covid-19. Interfaces Científicas – Educação, v. 8, n. 3, p. 611–626, 2020.

LEÃO, D. F.; SANTOS, T. M. M.; DE SOUZA, R. R. O olhar do aluno sobre o contexto do estudo da química e a possibilidade de transformação. Revista de Educação Pública, v. 29, P. 1-20, 2020.

LUCAS, W. Acesso a chips aumenta participação de alunos em atividades. Secretaria de Estado da Educação – SEDUC, Teresina, 09 fev. 2021. Disponível em: <https://www.seduc.pi.gov.br/noticia/Acesso-a-chips-aumenta-participacao-de-alunos-em-atividades/8722/> Acesso em: 23 jul. 2021.

MOURA, D. L. Pesquisa qualitativa: Um guia prático para pesquisadores iniciantes. 1 ed. Curitiba:CRV, 2021.

MOREIRA, M. L.; SIMÕES, A. S. M. O uso do WhatsApp como ferramenta pedagógica no ensino de química. Curitiba: Actio, 2017.

NASCIMENTO, P. H. L.; FERNANDES, C. L.; NETO, J. G. S.; SILVA, T. P. As concepções de um grupo de estudantes do Ensino Médio em relação às aulas de química em uma escola pública da cidade de Itatuba-PB. In: III Congresso Nacional de Educação, Anais..., 2016.

OKUMURA, R. Na pandemia, 67% dos alunos têm dificuldade de organização. Terra, São Paulo, 30 out. 2020. Disponível em: <https://www.terra.com.br/noticias/educacao/na-pandemia-67-dos-alunos-tem-dificuldade-de organizacao,ba3b906910fe78c15ec20517f1882ef1tj66nl60.html> Acesso em: 20 jul. 2021.

OLIVEIRA, A. P. M.; VIEIRA, B. M.; PINTO, E. M. H.; VASCONCELOS, F. G.; MOSCATTO, F. A.; CASTRO, J. P.; SOUSA, J. L. R.; SEGATI, K. D.; SILVA, W. G. Desenvolvimento de grupos de discussão no aplicativo whatsapp para melhorar a comunicação com os alunos durante a pandemia de covid-19. Anais do 41º seminário de atualização de práticas docentes. 2021. Disponível em: <http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/7012/3638> Acesso em 1 maio 2021.

PORTO, R. M.; PEREIRA, J. C. L. A Pandemia do Coronavírus e os Efeitos Na Educação: Reflexões Em Curso. Revista Interinstitucional Artes de Educar. v. 6, p. 279-300, 2020.

SOUSA, R. F.; ARAÚJO, J. F.; CORREIA, L. M.; DEUS, S. C. S. R. Plataformas digitais e o ensino a distância em tempos de pandemia pelo olhar da docência. Disponível em: <https://downloads.editoracientifica.org/articles/200600565.pdf> Acesso em 25 jun. 2020.

RODRIGUES, N. C.; SOUZA, N. R.; PATIAS, S. G. O.; CARVALHO, E. T.; CARBO, L.; SANTOS, A. F. S. Recursos didáticos digitais para o ensino de Química durante a pandemia da Covid-19. Research, Society and Development, v. 10, n. 4, p. e22710413978-e22710413978, 2021.

ROSSI, C. M. S.; BRITO, A. C. S. T.; JUNIOR, U. B. S. O uso do aplicativo WhatsApp durante o ensino remoto na rede pública de ensino do Estado de Minas Gerais. Revista Educação Pública, v. 21, n. 21, 2021.

SANTANA, C. L. S.; SALES, K. M. B. Aula Em Casa: Educação, Tecnologias Digitais e Pandemia Covid-19. Interfaces Científicas-Educação. v. 10, n. 1, p. 75–92, 2020.

SANTOS, E. EAD, palavra proibida. Educação online, pouca gente sabe o que é. Ensino remoto, o que temos para hoje. Mas qual é mesmo a diferença? Revista Docência e Cibercultura, Sessão Notícias. Rio de Janeiro, 2020.

SILVA, D. S. V.; SOUSA, F. C. Direito à educação igualitária e(m) tempos de pandemia: desafios, possibilidades e perspectivas no Brasil. Revista Jurídica Luso Brasileira (RJLB), n. 4, p. 961-979, 2020.

SOUZA, J. R. T. Práticas Pedagógicas em Química: oficinas Pedagógicas para o Ensino de Química. 1º edição, editAEDI, Belém/PA, 2018.

TESINI, B. Coronavírus e síndromes respiratórias agudas (Covid-19, Mers e Sars). Manual MSD para profissionais da saúde, 2020.

TENENTE, L. 40% dos professores de ensino médio não são formados na disciplina que ensinam aos alunos. g1.globo.com, São Paulo, 09 fev. 2020. Disponível em: <https://g1.globo.com/educacao/noticia/2020/02/09/40percent-dos-professores-de-ensino-medio-nao-sao-formados-na-disciplina-que-ensinam-aos-alunos.ghtml> Acesso em 23 jul. 2021.

TRESPACH, R. R.; GUNTZEL, B.; BEDIN, E. Análise química sobre ferramentas tecnológicas para ensinar química na Educação Básica à alunos surdos. Tecné, Episteme y Didaxis: TED, 2016.

VALENTE, G. S. C.; MORAIS. É. B.; SANCHES, M. C. O.; SOUZA, D. F.; PACHECO, M. C. M. D. O ensino remoto frente às exigências do contexto de pandemia: Reflexões sobre a prática docente. Research, Society and Development, v. 9, n. 9, p. e843998153-e843998153, 2020.

VILELA, J. L. L.; FERRAZ, A. C.; ARAÚJO, M. S. T. Utilização de recursos tecnológicos nas aulas de física como forma de superar as dificuldades impostas pela pandemia da COVID-19. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática. v. 9, n. 2, p. e21047, 2021.

WARKEN, G.; TRENTIN, G. A.; LENGERT, C. Aulas remotas mediadas por recursos tecnológicos em tempos de pandemia, in: INOVAÇÃO, COMUNICAÇÃO E TECNOLOGIA: arranjos e mutações em contexto de sociedade da informação. RIBEIRO, A. T. (Org.). Curitiba: Bagai, 2020, p.25-32.

Downloads

Publicado

2022-05-19