ATIVIDADE FÍSICA E PROMOÇÃO DA SAÚDE: UMA ESTRATÉGIA EDUCATIVA PARA A COMUNIDADE EM ESPAÇO NÃO FORMAL DE ENSINO

Autores

  • Luciana Santos Collier Universidade Federal Fluminense - Colégio Universitário Geraldo Reis Instituto Oswaldo Cruz - FIOCRUZ
  • Claudia Teresa Vieira de Souza IPEC - Fiocruz
  • Dinair Leal da Hora UERJ/ FEBF IPEC / Fiocruz IOC/ Fiocruz
  • Eloísa Leal da Hora Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas/Fundação Oswaldo Cruz

Resumo

O modelo dialógico de educação em saúde reconhece a necessidade de abandonar estratégias comunicacionais informativas e adotar a comunicação baseada troca de saberes e experiências, possibilitando uma melhor compreensão dos condicionantes do processo saúde-doença e oferecendo subsídios para a adoção de novos hábitos e condutas de saúde, orientando para a prevenção de doenças e promoção da saúde. Pensando em articular estratégias de educação em saúde voltadas para a adesão dos indivíduos à prática regular de atividade física o presente artigo descreve uma atividade realizada pela equipe do Laboratório de Pesquisa em Epidemiologia e Determinação Social da Saúde do Instituto de Pesquisa Evandro Chagas da Fundação Oswaldo Cruz, em parceria com alunos do curso de graduação em educação física da Universidade Federal Fluminense. O objetivo da ação foi de esclarecer a comunidade acerca de mitos e verdade sobre a atividade física relacionada à saúde e propor uma prática lúdica de alongamento e fortalecimento muscular utilizando materiais alternativos e priorizando o contato físico e as relações humanas. As informações coletadas durante a atividade nos levam a crer que, além da melhoria na qualidade das informações sobre atividade física relacionada à saúde, oferecidas à sociedade, faz se necessário uma mudança de perspectiva na orientação de tais atividades, perpassando a formação do professor de educação física.

Biografia do Autor

Luciana Santos Collier, Universidade Federal Fluminense - Colégio Universitário Geraldo Reis Instituto Oswaldo Cruz - FIOCRUZ

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ensino em Biociências e Saúde/Instituto Oswaldo Cruz/ Fundação Oswaldo Cruz.

Professora de Educação Física na Universidade Federal Fluminense, Colégio Universitário Geraldo Reis,

Claudia Teresa Vieira de Souza, IPEC - Fiocruz

Professora do Programa de Pós-Graduação em Ensino em Biociências e Saúde/Instituto Oswaldo Cruz/Fundação Oswaldo Cruz; Pesquisadora do Laboratório de Pesquisa em Epidemiologia e Determinação Social da Saúde do Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas/Fundação Oswaldo Cruz

Dinair Leal da Hora, UERJ/ FEBF IPEC / Fiocruz IOC/ Fiocruz

Professora Permanente do Programa de Mestrado em Educação, Comunicação e Cultura da Universidade Estado Rio Janeiro, Professora Colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Ensino em Biociências e Saúde/Instituto Oswaldo Cruz/Fundação Oswaldo Cruz, Analista de Gestão em Saúde do Laboratório de Pesquisa em Epidemiologia e Determinação Social da Saúde do Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas/Fundação Oswaldo Cruz

Eloísa Leal da Hora, Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas/Fundação Oswaldo Cruz

Assistente de Projetos do Laboratório de Pesquisa em Epidemiologia e Determinação Social da Saúde  do Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas/Fundação Oswaldo Cruz

Downloads

Publicado

2015-08-07

Edição

Seção

Artigos Científicos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)