CORPO DOCENTE DO MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA DO NORDESTE E CENTRO-OESTE DO BRASIL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22407/2176-1477/2024.v15.2383

Palavras-chave:

Pós-graduação em ensino, MNPEF, Professores de Física

Resumo

O trabalho traça o perfil quanto ao sexo e à formação acadêmica do corpo docente do Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física (MNPEF) que atua nas regiões Nordeste e Centro-Oeste do Brasil. Apresenta-se a diversidade de formação dos docentes em um programa de Ensino que reúne doutores de diferentes áreas da Física. Trata-se de uma pesquisa qualitativa baseada na análise documental dos CV Lattes de todos os professores credenciados como permanentes e colaboradores nos polos das regiões estudadas. Como resultado verificou-se que o corpo docente é majoritariamente masculina e grande parte têm formação em Física e áreas afins no doutorado. São tecidas discussões sobre a questão da baixa representatividade de mulheres no corpo docente do MNPEF e sobre a sua formação acadêmica, evidenciando as diversas áreas de conhecimento que estão presentes nos polos analisados. Procurou-se também investigar se poderia existir alguma relação entre a área de formação dos docentes e a quantidade de orientações concluídas em um polo representativo de cada região. Não foi possível indicar nenhuma previsão ou alguma relação específica entre estes pontos de investigação, mas verificou-se que o docente com o maior número de orientações concluídas em ambos os polos tem formação em Educação. Indica-se para esta questão a necessidade de mais estudos.

Biografia do Autor

Bianca Martins Santos, Universidade Federal do Acre

Atualmente é professora da Universidade Federal do Acre (UFAC) na área de física geral e lotada no Centro de Ciências Biológicas e da Natureza (CCBN). É discente do Programa Institucional de Pós-Doutorado da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PIPD-UFRJ) junto ao Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física na orientação da Professora Deise Miranda Vianna. Possui Pós-Doutorado (2016) e Doutorado (2015) em Física Nuclear Teórica, no Instituto de Física, na Universidade Federal Fluminense (I.F.U.F.F.), Mestrado (2011) em Engenharia nuclear pelo Instituto Militar de Engenharia (IME) e graduação em Licenciatura em Física (2008) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). É docente permanente credenciada no Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física (MNPEF) - Polo 59 e no Mestrado Profissional em Ensino de Ciências e Matemática (MPECIM), ambos da UFAC. Coordena o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), subprojeto de Física ABI (Área Básica de Ingresso) da UFAC. Já coordenou importantes programas relacionados à formação inicial e continuada de professores de física: três edições do PIBID de Física (2017-2018; 2018-2020; 2020-2022), e dois mandatos do MNPEF/Polo 59 (2018-2020; 2020-2022), atuando também como membro do Conselho do MNPEF (2022). Compõem o corpo editorial da revista A Física na Escola (FnE), como Editora Adjunta. Desenvolve projetos de pesquisa, ensino e de extensão na área de ensino de física ou ciências, relacionados diretamente aos temas: jogos didáticos, ensino para estudantes com deficiência visual e mulheres nas ciências; bem como a formação inicial e continuada de professores de física ou ciências.

Deise Miranda Vianna, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Possui graduação em Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1973), mestrado em Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1982) e doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (1998). Fez estágio de Pós- Doutorado na Universidade Santiago de Compostela - Espanha (2002). Atualmente é professora Titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro, professora e orientadora do programa de Pós-Graduação em Ensino de Física do Instituto de Física da UFRJ, professora e orientadora do programa de Pós-Graduação em ensino de Biociências e Saúde da Fundação Oswaldo Cruz. Foi Secretaria de Ensino da Sociedade Brasileira de Física (2003-2007) e membro do Conselho (2007-2009), membro da Comissão de Pesquisa em Ensino de Física (2010-2014), membro da Comissão de Ensino (2015-2017 )Pró-Reitora de Pós Graduação (Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física - SBF) (2013-2016), membro do Conselho do Mestrado Profissional em Ensino de Física - MNPEF-PROFIS (2016- ). Presidiu o Centro de Ciências do Estado do Rio de Janeiro (1995-1998). Foi Presidente do Conselho das Conferências Interamericanas de Ensino de Física (2006-2009), continuando como Membro representante. Participou como colaboradora na coordenação junto ao PIBID/CAPES Instituto de Física-UFRJ e atualmente da Residência Pedagógica(2023 - ). Tem experiência na área de Ensino de Ciências (Física), com ênfase em Educação Permanente, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de física, ensino de ciências, formação de professor, informática educativa e CTS.

Referências

ADMIRAL, Tiago Destéffani; MACHADO, Cassiana Barreto Hygino; CALDAS, Renata Lacerda. Do conhecimento a prática: inserção da História da Ciência no Mestrado em Ensino de Física. Com a Palavra, o Professor, [S. l.], v. 4, n. 8, p. 16–34, 2019.

BANYS, Vera Lúcia; OLIVEIRA, David Michel de; AMARAL, Andréia Vitor Couto do; BOCCHI, Adriana Luize. Mestrado profissional no centro-oeste, no estado de Goiás e na UFG/regional Jataí. Itinerarius Reflectionis - Revista eletrônica da Graduação/Pós-Graduação em Educação UFG/REJ, v. 14, n. 3, p. 1-12, 2018.

BIANCHETTI, Lucídio. A orientação coletiva na pós-graduação stricto sensu: o pioneirismo de Dermeval Saviani. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 26, e260055, p. 1-23, 2021.

BEZERRA, Grasiele; BARBOSA, Marcia. Mulheres na Física no Brasil. 2016. Disponível em: https://www.if.ufrgs.br/~barbosa/Publications/Gender/bezerra-BOOK-MULHERES-2016.pdf. Acesso: 02/10/2023.

BOGDAN, Robert; BIKLEN, Sari. Investigação qualitativa em educação. Portugal: Porto Editora, 1994

BRITO, Cristiane de Sousa. Expansão da pós-graduação e desigualdades regionais brasileiras: um estudo no contexto dos planos nacionais de pós-graduação. Orientador: Guimarães, André Rodrigues. 2020. 169 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Departamento de Pós-Graduação, Universidade Federal do Amapá, Macapá, 2020.

CARVALHO, Maria Eulina Pessoa de. Mulheres na Física: experiências de docentes e discentes na educação superior. Cadernos Pagu, v. 62, e216214, p. 1-12, 2021.

CYRINO, Márcia Cristina de Costa Trindade; RIZZATTI, Ivanise Maria; RÔÇAS, Giselle. Os desafios da Área de Ensino: “é caminhando que se faz o caminho”. Bolema: Boletim De Educação Matemática, v. 37, n. 76, p. i-xvi, ago. 2023.

DE PAULO, Iramaia Jorge Cabral; MOREIRA, Marco Antônio. Disciplinas do MNPEF: implementação, obstáculos e superações no universo acadêmico. Revista do Professor de Física, [S. l.], v. 6, n. 2, p. 85–104, 2022.

DE PAULO, Iramaia Jorge Cabral; ALMEIDA, Rita. Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física: uma história de sucesso; um futuro promissor. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 44, Cartas ao Editor, e20210392, p. 1-4, 2022.

FERREIRA, Marcello; SACERDOTE, Helena; STUDART, Nelson; SILVA FILHO, Olavo Leopoldino da. Análise de temas, teorias e métodos em dissertações e produtos educacionais no MNPEF. Revista Brasileira de Ensino de Física, 43, e20210322, 2021.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

JÚNIOR, Estevão Antunes; OSTERMANN, Fernanda; CAVALCANTI, Cláudio José de Holanda. A subvalorização da formação continuada de professores: dos orientadores à articulação do referencial teórico no contexto do mestrado nacional profissional em ensino de física. Alexandria, v. 12, n. 2, p. 267-291, 2019.

LEITE FILHO, Geraldo Alemandro; MARTINS, Gilberto de Andrade. Relação orientador-orientando e suas influências na elaboração de teses e dissertações. Revista de Administração de Empresas [online], v. 46, n. spe, p. 99-109, 2006.

LIMA, Maria José de; GUENTHER, Mariana. O crescimento dos Mestrados Profissionais no Estado de Pernambuco, Brasil. Research, Society and Development, v. 10, n. 3, e26910313227, p. 1-8, 2021.

MAIA, Ana Figueiredo; DE OLIVEIRA, Antônio Carlos de; SANTOS, Cochiran Pereira dos; SANTOS, Edigênia Ferreira; MOURA, Felipe Estêves; DUARTE-FILHO, Gerson Cortês; SANTOS, Jéssica Pereira; RODRIGUES, Magna Coeli Soares; MACEDO, Marcelo Andrade; ATTIE, Márcia Regina Pereira; MACHADO, Rogério; OLIVEIRA NETO, Samuel Rodrigues de; RIBEIRO, Tiago Nery; SANTOS, Genesis Alves; TELES, Edson Nascimento. O Programa Nacional de Mestrado Profissional em Ensino de Física e a formação continuada de professores: ação formativa promovida em Sergipe. Scientia Plena, [S. l.], v. 18, n. 8, 2022.

MELO, Alessandro de. Ser orientador na pós-graduação: reflexões sobre a pesquisa narrativa. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 28, e280028, p. 1-22, 2023.

MELO JUNIOR, Eloi Benicio de; SILVA, Marcelo Castanheira da. A produção de artigos de Ensino de Física no estado do Acre: motivações e avanços. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 38, p. 992-1021, 2021.

MODKOVSKI, Aline Fátima; RODRIGUES, Frank Menezes; MOREIRA, Alessandro Messias; SILVA, Renan Antônio da; TAHA, Murched Omar; RODRIGUES, Francisco Sandro Menezes; MONKEN, Sônia Francisca; BARBOSA, Antônio Pires; FERRAZ, Renato Ribeiro Nogueira. Autoeficácia e relacionamento entre orientadores e orientandos em programas de pós-graduação stricto sensu. Revista Humanidades e Inovação, Palmas/TO, v. 9, n. 14, p. 239-255, 2022.

MOREIRA, Marco Antonio; STUDART, Nelson; VIANNA, Deise Miranda. O Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física (MNPEF) uma experiência em larga escala no Brasil. Latin-American Journal of Physics Education, v. 10, n. 4, p. 4327-1 - 4327-6, 2016.

NESI, Elisangela Rovaris; BATISTA, Michel Corci. Produtos educacionais elaborados no Mestrado Profissional em Ensino de Física: a busca por referenciais norteadores. Revista Valore, Volta Redonda, v. 3, Edição Especial, p. 554-563, 2018.

NESI, Elisangela Rovaris; BATISTA, Michel Corci; DEIMLING, Natália Neves Macedo. O mestrado nacional profissional em ensino de física no Brasil: caracterizando a proposta. Dialogia, [S. l.], n. 38, p. e20420, 2021a.

NESI, Elisangela Rovaris; BATISTA, Michel Corci; DEIMLING, Natália Neves Macedo. A formação continuada de professores de física no estado do Paraná: um olhar a partir do Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física (MNPEF). Revista Valore, Volta Redonda, v. 6, Edição Especial, p. 510-522, 2021b.

NESI, Elisângela Rovaris; BATISTA, Michel Corci; DEIMLING, Natalia Neves Macedo. O Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física: contribuições e limitações na perspectiva dos egressos. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 13, n. 3, p. 1–25, 2022a.

NESI, Elisângela Rovaris; BATISTA, Michel Corci; DEIMLING, Natalia Neves Macedo. O Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física: considerações sobre o programa e concepções do produto educacional na perspectiva dos egressos dos polos do Paraná. Revista Vitruvian Cogitationes, v. 3, n. 2, p. 181-190, 2022b.

PEREIRA, Zoraide Dangremon de Almeida; ERTHAL, João Paulo Casaro. Temas e referenciais presentes nas dissertações do Mestrado Nacional Profissional de Ensino de Física. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 13, n. 3, 2022.

PIMENTA, Selma Garrido; ANASTASIOU, Léa das Graças Camargos. Docência no Ensino Superior. Cortez: São Paulo, 2011.

REBEQUE, Paulo Vinícius; OSTERMANN, Fernanda; VISEU, Sofia. Uma análise sobre a produção acadêmica da primeira turma do Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física. Ensino de Ciências e Tecnologia em Revista – ENCITEC, v. 11, n. 1, p. 06-19, 2021.

RICHIT, Adriana; ALMEIDA, William Xavier de. Perspectivas para a formação de formadores de futuros professores no contexto das políticas públicas. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, Goiânia, v. 36, n. 2, p. 670-690, 2020.

ROCHA, Alexsandro Silvestre da; CARVALHO, Sheyse Martins de; GOMES, Érica Cupertino. O impacto do MNPEF no desenvolvimento científico do Tocantins. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 44, e20220128, 2022.

SANTOS, Vívian Matias dos. Uma "perspectiva parcial" sobre ser mulher, cientista e nordestina no Brasil. Revista Estudos Feministas, v. 24, n. 3, p. 801–824, 2016.

SANTOS, Bianca Martins; VIANNA, Deise Miranda. Mestrado profissional em Ensino de Física na UFAC: da abertura ao momento pós-pandemia. Experiências em Ensino de Ciências, v. 18, p. 1-17, 2023a.

SANTOS, Bianca Martins; VIANNA, Deise Miranda. O Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física na região Norte do Brasil: um retrato do corpo docente. Impacto: Revista de Pesquisa em Ensino de Ciências, n. 2, jan./dez., e75457, p. 1-22, 2023b.

SBF. Sociedade Brasileira de Física. Polos Credenciados, 2022. Disponível em: http://www1.fisica.org.br/mnpef/polos. Acesso em: 23/08/2023.

SBF. Sociedade Brasileira de Física. Regimento do Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física – MNPEF, 2023a. Disponível em: http://www1.fisica.org.br/mnpef/sites/default/files/anexospagina/RegimentoMNPEF-Agosto-2023.pdf. Acesso em: 23/08/2023.

SBF. Sociedade Brasileira de Física. EDITAL MNPEF – SBF No 04/2023. Processo seletivo de ingresso no curso de mestrado nacional profissional em Ensino de Física. 2023b. Disponível em: http://www1.fisica.org.br/mnpef/sites/default/files/anexospagina/MNPEF_EditalNacional_Selecao_2024-Finalv15Set2023.pdf. Acesso em: 23/08/2023.

SILVA, Sani de Carvalho Rutz da; PILATTI, Luiz Alberto; VIGINHESKI, Lúcia Virginia Mamcasz. A expansão do mestrado profissional no Brasil: contribuições para o Ensino. Enseñanza de las ciencias: revista de investigación y experiencias didácticas. Anais. In: X Congreso Internacional sobre Investigación en Didáctica de las Ciencias. Sevilla, 5-8 de setembro de 2017.

SILVA, Silvio Luiz Rutz da; BRINATTI, André Maurício; ANDRADE, André Vitor Chaves de. A experiência das disciplinas de formação docente em Ensino de Física no MNPEF-UEPG: proposta pedagógica, reflexões e ações. Revista Espaço Pedagógico, [S. l.], v. 25, n. 2, p. 339-363, 2018.

SILVA, Luciene Fernanda da; VILLANI, Alberto. O MNPEF e o desenvolvimento profissional de professores de Física. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, S. l., v. 13, n. 3, p. 1–27, 2022.

SILVEIRA, Marli Teresinha Silva da; PIECZKOWSKI, Tania Mara Zancanaro; GHISLENI, Andreia Henn; SILVEIRA, Paula Lemos da; ROSA, Vaneza Silva Da. Orientar e ser orientado: o professor vira orientador. Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 13, n. 26, p. 523-538, 2019.

VIANA, Cleide Maria Quevedo Quixadá. A relação orientador-orientando na pós-graduação stricto sensu. Linhas Críticas, Brasília, v. 14, n. 26, p. 93-109, 2008.

XIV EPEF. Carta de MANIFESTAÇÂO da Comissão de pesquisa em Ensino de Física e da Secretaria de Ensino da SBF. XIV Encontro de Pesquisa em Ensino de Física - EPEF. Maresias, SP, de 05 a 09 de novembro de 2012, Disponível em: https://sec.sbfisica.org.br/eventos/epef/xiv/manifestacao.pdf. Acesso em: 06/12/2023.

Downloads

Publicado

2024-01-31

Edição

Seção

Artigos Científicos