AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA DE MISTURAS NO PROCESSO DE OTIMIZAÇÃO PARA A FORMAÇÃO DE NANOCOMPÓSITOS

Autores

  • Luana Caliandra Freitas de Carvalho UFS
  • Nayane Oliveira Chaves UFS
  • José Carlos dos Santos Junior UFS
  • Iara de Fátima Gimenez UFS

DOI:

https://doi.org/10.22407/1984-5693.2022.v14.p.e20221403

Palavras-chave:

Hidróxido Duplo Lamelar, PVP, Nanocompósitos

Resumo

O Hidróxido Duplo Lamelar (HDL) é intercalado entre suas lamelas pelo material polimérico PVP K10 e PVP360 na presença de água para a formação dos nanocompósitos. Em razão das forças que mantêm as lamelas “empilhadas” e com a elevada capacidade de modificação da sua composição, gera diversas possibilidades de combinações químicas nas camadas lamelares quanto ao ânion intercalado e a quantidade de água na estrutura do composto. O polímero, então, permeia no espaço interlamelar e as lâminas se reorganizam estando agora alteradas pela presença de polímero para formar, na melhor das hipóteses, uma estrutura multilamelar ordenada. O objetivo deste estudo foi avaliar qual o melhor método em solução utilizado para a formação dos nanocompósitos e compreender a morfologia dos nanocompósitos, ou seja, o grau de dispersão dos polímeros na matriz da argila aniônica (HDL), consequentemente, correlacioná-la com as propriedades finais obtidas. Para o processo de dispersão das cargas, foram utilizados três métodos de dispersão: agitador mecânico, turrax e o banho ultrassom, onde as amostras ficaram por um período 30 min; 5 min e 1h, sob agitação magnética, turrax e banho ultrassom respectivamente. A morfologia dos nanocompósitos foi avaliada por Difração de Raios-X (DRX). As análises sugerem a formação dos nanocompósitos em até 1 hora de reação no banho ultrassom, resultado atribuído à estrutura amídica da PVP, capaz de estabilizar as lamelas negativamente carregadas da argila.

Referências

BHOWMICK, AK; BHATTACHARYA, M; MITRA, S; KUMAR, KD; MAJI, PK; CHOUDHURY, A; GEORGE, JJ; BASAK, GC. Morphology – Property Relationship in Rubber Based Nanocomposites. Some Recent Developments. Advances Polymer Science 83, 239, 2011.

DOMINGUINI, L; ROSA, RG. da;MARTINELLO, K; PIZZOLO, JP. Comportamento térmico de compósitos PS-HDL (Mg-Al) modificados com DBS e SDS. Polímeros 25. spe, 2015.

DUQUE JA, DUARTE MA, CANALI LC, ZANCAN RF, VIVAN RR, BERNARDES RA, BRAMANTE CM. Comparative Effectiveness of New Mechanical Irrigant Agitating Devices for Debris Removal from the Canal and Isthmus of Mesial Roots of Mandibular Molars. J Endod. 43(2), 326-331, 2017.

LEE, LJ. et. al. Polymer nanocomposite foams. Composites Science and Technology, 65, 2344-2363, 2005.

MARTINO, L; GUIGO, N; BERKEL, JGV; SBIRRAZZUOLI, N. Influence of organically modified montmorillonite and sepiolite clays on the physical properties of bio-based poly(ethylene 2,5-furandicarboxylate). Composites Engineering 110, 96-105, 2017.

MAZUR, LP; SOUZA, SG; NETO, RPC; TAVARES, MIB; SCHNEIDER, ALS; PEZZIN, APT. Estudo de diferentes processos de preparação de nanocompósitos de PLLA com montmorilonita. In: XIX Congresso Brasileiro de Engenharia Química, Búzios, 2012.

PAIVA, LB; MORALES, AR; GUIMARÃES, TR. Propriedades Mecânicas de Nanocompósitos de Polipropileno e Montmorilonita Organofílica. Polímeros: Ciência e Tecnologia 1, 136 –140, 2006.

PATEL, HA; JOSHI, GV; PAWAR, RR; BAJAJ, HC, JASRA, RV Mechanical and thermal properties of polypropylene nanocomposites using organically modified Indian bentonite. Polymer Composites 31, 399-404, 2010.

SANTOS, KS; LIBERMAN, SA; OVIEDO, MAS; MAULER, RS. J. Polym. Sci.: Part B: Poly. Phys. 46, 2519, 2008.

VASSILIOU, AA; CHRISSAFIS, K; BIKIARIS, DN. In situ prepared PET nanocomposites: Effect of organically modified montmorillonite and fumed silica nanoparticles on PET physical properties and thermal degradation kinetics. Thermochim Acta 500, 21-29, 2010.

Downloads

Publicado

2022-09-16

Edição

Seção

ARTIGOS CIENTÍFICOS