O PROFESSOR-TUTOR FRENTE ÀS TECNOLOGIAS: UM OLHAR SOBRE A IMPORTÂNCIA DA TECNOLOGIA E SUAS LINGUAGENS NA EAD

Autores

Palavras-chave:

Professor-tutor, Educação a Distância, Linguagens e tecnologias.

Resumo

Este breve artigo se propõe ao estudo da profissão do Professor-tutor no contexto da Educação a Distância, sob a luz de teóricos da área das Linguagens e suas Tecnologias, para entender os mecanismos comunicacionais e linguísticos que caracterizam a referida profissão em ambiente digital. Para o trabalho, foi realizada a revisão bibliográfica acerca da modalidade de ensino, passando pelos teóricos que trabalham com informática e linguagem, além dos conhecimentos linguísticos mobilizados pelo contexto digital. Concluiu-se que o Professor-tutor ganha relevância ao mediar as relações do aluno com os professores titulares e conteudistas, facilitando e praticando o ensino. Para tal, ele utiliza-se de sua formação acadêmica e de gêneros digitais diversos, fazendo com que a Educação a Distância continue evoluindo conforme as novas demandas mobilizadas pelos panoramas educacionais do contexto atual.

Biografia do Autor

Melk Andrade Costa, Faculdade de Educação São Luís; Universidade Federal do Agreste de Pernambuco.

Especialista em Lingística Aplicada à Educação pelo Centro Universitário Venda Nova do Imigrante (2021) e em Tutoria em EaD pela Faculdade de Educação São Luís. Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual do Tocantins (2012). Graduando em Letras, Português/Inglês, pela Universidade Federal do Agreste de Pernambuco.

Luciane Mialich Scadelai, Faculdade de Educação São Luis (FESL)

Possui graduação em Pedagogia pela Faculdade de Educação São Luis (2000) e mestrado em Psicologia pela Universidade de São Paulo (2007). Atualmente é professora da Faculdade de Educação São Luis, professora do Centro de Educação Cardiofísico COC, professora do Centro de Educação Cardiofísico COC e professora da Faculdade de Educação São Luis. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: desenho, educação infantil, criação, folclore, mitos, origami, stress, organizações, psicologia, qualidade,trabalho, projeto e cores, ambiente, psicologia.

Referências

AZEVEDO, E. M. O papel do tutor-professor na EaD em Nível Superior: aspectos históricos e o reconhecimento legal. EaD em foco, V9, e753. 2019.

BARROS LEAL DA SILVEIRA, R. L. A importância do Tutor no processo de aprendizagem a distancia. Revista Iberoamericana de Educación, v. 36, n. 3, p. 1-6, 25 jun. 2005.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação a Distância. Referenciais de qualidade para educação superior a distância preliminar. Brasília: MEC, 2007. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/referenciaisead.pdf>. Acesso em: 29 jun. 2022.

COSCARELI, C. V. Alfabetização e Letramento digital. In: _____, RIBEIRO, A. E. (Orgs). Letramento Digital: aspectos e possibilidades pedagógicas. Belo Horizonte: Ceale; Autentica, 2005, p. 23-40.

DIANA, J. B. Atuação da tutoria na educação a distância. 1. ed. - Curitiba, PR : IESDE Brasil, 2018.

DIONÍSIO, A. P e VASCONCELOS, L. J. Multimodalidade, gênero textual e leitura. In: BUNZEN, C; MENDONÇA, M. Múltiplas linguagens para o ensino médio. São Paulo: Parábola Editorial, 2013, p. 19-42.

GALLI, F. C. S. Linguagem da internet: um meio de comunicação global. In: MARCUSCHI, L. A.; XAVIER, A. C. (Orgs.). Hipertexto e gêneros digitais: novas formas de construção do sentido. Rio de Janeiro : Lucerna, 2004, p. 120-124.

MAIA, C.; MATTAR, J. EaD: Conceitos e teorias. In: _____ (Org.). ABC da EaD. 1ª ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007, p. 1-18.

MARCUSCHI, L. A. Gêneros textuais emergentes no contexto da tecnologia digital. In: ____; XAVIER, A. C. (Orgs.). Hipertexto e gêneros digitais: novas formas de construção do sentido. Rio de Janeiro: Lucerna, 2004, p. 13-69.

PRETTI, O. Fundamentos e políticas em educação a distância. Curitiba: IBPEX, 2002.

RIBEIRO, R. A. Unidade 3 - EaD na prática: o compromisso. In: _____ (Org.). Introdução à Ead. São Paulo : Person Education do Brasil, 2014, p. 41-57.

RIBEIRO, A. E. Kd o professor? Tb foi navegar. In: ARAÚJO, J. C. Internet & ensino: novos gêneros, outros desafios. Rio de Janeiro: Lucerna, 2002, p. 221-242.

SAMPAIO, M. N.; LEITE, L. S. Professor e tecnologia. In: _____; _____ (Orgs.). Alfabetização tecnológica do professor. 7. ed. Petrópolis, RJ : Vozes, 2010.

Downloads

Publicado

2022-07-14