Revista Eletrônica Perspectivas da Ciência e Tecnologia - ISSN: 1984-5693

A Revista Eletrônica Perspectivas da Ciência e Tecnologia (ISSN 1984-5693) é um periódico técnico-científico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ), de caráter interdisciplinar e de fluxo contínuo. Logo, publica um volume único por ano. Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo. O acesso, a submissão e a publicação são gratuitos.

  • A Revista Eletrônica Perspectivas da Ciência e Tecnologia (ISSN 1984-5693) é um periódico técnico-científico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ) - de caráter interdisciplinar e de fluxo contínuo  que possui a finalidade de divulgar a produção de conhecimento nas seguintes áreas: a) Ciências Agrárias, onde se incluem: Ciência, Tecnologia, Engenharia, Legislação e Fiscalização de Alimentos. Agronomia, Zootecnia e Medicina Veterinária, englobando todas as subáreas vinculadas. b) Química: incluindo-se todas as subáreas vinculadas. c) Ciências Biológicas: incluindo-se todas as subáreas vinculadas.
  • Serão aceitos para publicação textos científicos produzidos em Língua Portuguesa, Espanhol ou em Inglês. Textos em Língua Portuguesa devem conter resumo (Abstract) em Inglês. Textos redigidos em Inglês ou Espanhol devem conter resumos em Língua Portuguesa. A revisão do texto é de exclusiva responsabilidade do autor. Caso seja identificado problema de escrita no texto submetido, o Comitê Editorial se reserva o direito de indicar um revisor de Língua Portuguesa ou estrangeira.

Serão aceitos os seguintes formatos para publicação:

Artigo científico (experimental ou teórico): documento inédito oriundo de pesquisa científica. Os dados devem ser originais e destinados exclusivamente à esta revista, não tendo sido publicado integralmente em nenhum outro veículo. São esperados textos contendo até 25 páginas.

Revisões de Literatura: Uma revisão é produzida a partir de um vasto levantamento bibliográfico buscando entender o estado da arte. Inclui-se nesse formato os estudos analíticos e críticos da literatura. Aconselha-se o máximo de 25 páginas.

"Notas técnicas" serão aceitas, considerando-se esta como a notificação de um estudo científico, redigido em texto corrido, podendo conter figuras e incluindo somente as referências bibliográficas fundamentais para compreensão do trabalho. Aceitam-se contribuições de até 4 páginas no total.