ABORDAGEM DOS CONTEÚDOS ZOOLÓGICOS NUMA PERSPECTIVA CONTEXTUALIZADA, INTERDISCIPLINAR E MULTIDISCIPLINAR NO EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO (ENEM)

Dayane Guimarães Silva, Luiz Augustinho Menezes da Silva

Resumo


O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), tornou-se o principal meio de ingresso nas Instituições de Ensino Superior. O ENEM traz em sua nova proposta questões que estejam cada vez mais integradas com diversas áreas do conhecimento e comum ao cotidiano do estudante. O presente estudo analisou a abordagem dos conteúdos de Zoologia nas questões exigidas pela nova edição do ENEM (2009 a 2016), numa perspectiva contextualizada, multidisciplinar e interdisciplinar, bem como a presença ou ausência de elementos visuais. Para obtenção dos dados foram utilizadas todas as provas realizadas nesse período, inicialmente foram analisadas as questões de Biologia e posteriormente se estas possuíam abordagem de conteúdos de zoologia, as questões que apresentaram conteúdos zoológicos foram quantificadas, e posteriormente agrupadas em categorias quanto a, contextualização, multidisciplinaridade, interdisciplinaridade e a presença ou ausência de elementos visuais. De 157 questões de Biologia, forma identificadas e analisadas 34 questões que continham o tema-alvo. Dentre as questões, 21 apresentaram algum nível de contextualização.  Vinte e cinco eram multidisciplinares (relacionando Zoologia com Ecologia, Genética, Botânica entre outras). Nove questões apresentaram caráter interdisciplinar (relacionando Zoologia com Química, Física e Língua Portuguesa).  Em relação aos elementos visuais apenas cinco questões possuíam imagens e duas apresentaram quadros. Os conteúdos de Zoologia foram abordados em todos os anos analisados representando um número significativo de questões, estas foram formuladas a partir de questões relacionadas com o cotidiano do estudante e integradas com outras áreas do conhecimento, diminuindo assim o enfoque conteudista e fragmentado, deixando de lado a memorização vista com mais frequência nos antigos vestibulares. Porém, a presença de questões com ilustrações e interdisciplinares apresentou baixa abordagem, desse modo há a necessidade de contemplar questões que abranjam esses elementos para que haja estímulo visual na interpretação, bem como a utilização de conhecimentos de outras disciplinas na resolução das questões.


Palavras-chave


Análise de questões; Conteúdos Zoológicos; Ensino.

Texto completo:

PDF

Referências


AQUINO, Laise Barbosa; SILVA, Lenice Heloisa de Arruda; UCHÔA-FERNANDES, Manoel Araécio. Análise do Conteúdo sobre Artrópodes em Livros Didáticos do Ensino Médio. In: X Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências– X ENPEC; 2015, Águas de Lindóia, São Paulo. Anais... Águas de Lindóia, Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências (ABRAPEC), 2015.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. 8ed. São Paulo: Revista e Atualizada, 2011.

BASTOS-JÚNIOR. Metodologias e Estratégias para o Ensino de Zoologia. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciências Naturais) – Universidade De Brasília, Planaltina-DF, 2013.

BIZZO, Nelio; SANTOS-GOUW, Ana Maria; GARCIA, Paulo Sergio; MONTEIRO, Paulo Henrique Nico; TOLENTINO-NETO, Luiz Caldeira Brant. Que conhecimentos e habilidades estão em teste no enem? Análise de Performance Induzida Reversa. Enseñanza de las ciencias: revista de investigación y experiencias didácticas, Extra, 415-419, 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. LEI DE DIRETRIZES E BASES DA EDUCAÇÃO NACIONAL, Brasília: MEC, 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. ORIENTAÇÕES CURRICULARES PARA O ENSINO MÉDIO: CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS. Brasília: MEC, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. EXAME NACIONAL DE CERTIFICAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (ENCCEJA). Brasília: MEC, 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. MATRIZ DE REFERÊNCIA DO ENEM 2009. Brasília: MEC, 2009.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de estudos e pesquisas educacionais Anísio Teixeira. MATRIZ DE REFERÊNCIA DO ENEM. Brasília: MEC,2012.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS (ENSINO MÉDIO) – Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais – Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Brasília: MEC,1998.

CAMPOS, Maria Cristina da Cunha; NIGRO, Rogério Gonçalves. Didática de Ciências: o ensino-aprendizagem como investigação.1ed. São Paulo: FTD, 1999.

COSTA, Élvia Shaynan; SANTOS, Marcelo Leite; SILVA, Erivanildo Lopes. Abordagem da Química no Novo ENEM: Uma análise acerca da Interdisciplinaridade. Química Nova na Escola, v. 38, n. 2, p. 112-120, 2016.

FERNANDES, Carolina dos Santos; MARQUES, Carlos Alberto. Contextualização no Ensino de Ciências; a voz de elaboradores de textos teóricos e metodológicos do exame nacional do ensino médio. Investigação em Ensino das Ciências, v. 17, n. 2, p. 509-527, 2012.

FRANTZ, Débora de Sales Fontoura da Silva; MARTINS, Lucione Bitencourt; MELLO, Jéssica Adriane de. As Imagens das Questões do Enem Facilitam ou Dificultam a Compreensão dos Alunos?. In: Seminário Comemorativo aos 10 anos do PPGEMat- Matemática na Escola; 2014, Porto Alegre, Rio Grande do sul. Anais... Porto Alegre, Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática (PPGEMat), 2014.

GERHARD, Ana Cristina; ROCHA-FILHO, João Bernardes. A fragmentação dos saberes na educação científica escolar na percepção de professores de uma escola de Ensino Médio. Investigações em Ensino de Ciências, v. 17, n. 1, p. 125-145, 2012.

HIPÓLITO, Aline Fernandes; SILVEIRA, Hélder Eterno da. As questões de Química do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) em um enfoque transversal e interdisciplinar. In: VIII Encontro Nacional de Pesquisa em Educação e em Ciências-VIII ENPEC; 2011, Campinas, São Paulo. Anais... Campinas, Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências (ABRAPEC), 2011.

KATO, Danilo Seithi; KAWASAKI, Clarice Sumi. O significado da Contextualização para o Ensino de Ciências: Análise dos Documentos Curriculares Oficiais e de Professores. In: VIII Encontro Nacional de Pesquisa em Educação e em Ciências- VIII ENPEC; 2011, Campinas, São Paulo. Anais... Campinas, Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências (ABRAPEC), 2011.

LEIS, Héctor Ricardo. Sobre o Conceito de Interdisciplinaridade. Cadernos de Pesquisa Interdisciplinar em Ciências Humanas, v.6, n.73, p.1-23, 2005.

NICOLETTI, Elenize Rangel; SEPEL, Lenira Maria Nunes. Contextualização e interdisciplinaridade nas provas do Enem: analisando as questões sobre vírus. Acta Scientiae, v. 18, n. 1, p. 204-220, 2016.

PEREIRA, Natália Bueno. Perspectiva para o Ensino de Zoologia e os possíveis rumos para uma prática diferente do tradicional. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Ciências Biológicas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2012.

POMBO, Olga. Epistemologia da Interdisciplinaridade. Revista do centro de Educação e Letras da Unioeste, v. 10, n. 1, p. 9-40, 2008.

SANTOS, Saulo Cézar Seiffert; TERÁN, Augusto Fachín. Possibilidades de uso de analogias e metáforas no processo de ensino-aprendizagem doe ensino de Zoologia no 7ºano do ensino fundamental. In: VIII Congresso Norte Nordeste de Ensino de Ciências Vieirae Matemática; 2009, Boa Vista, Roraima. Anais... Boa Vista, Universidade Estadual de Roraima (UERR), 2009.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho científico.23ed. São Paulo: Cortez, 2007.

SILVA, Fábio Souza. O Enem e a interdisciplinaridade no Ensino da Matemática. Revista Episteme Transversalis, v.1, n.1, p. 1-14,2010.

SILVA, Gabriel de Moura; SILVA, Rosana Ferreira. Louro. Problematizando o ensino de Zoologia na educação básica a partir de sequências didáticas produzidas por licenciandos. In: X Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências-X ENPEC; 2015, Águas de Lindóia, São Paulo. Anais... Águas de Lindóia, Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências (ABRAPEC), 2015.

SILVA, ÍTALO BATISTA DA; TAVARES, ÓTAVIO AUGUSTO DE OLIVEIRA. Uma Pedagogia Multidisciplinar, Interdisciplinar ou Transdisciplinar para o Ensino/Aprendizagem da Física. Holus, v.1, n. 21, p. 4-12, 2005.

SODRÉ-NETO, Luiz; MEDEIROS, Ariane Dantas de. Considerações sobre contextualização e interdisciplinaridade na abordagem da microbiologia no novo exame nacional do ensino médio (ENEM). Revista Ciência & Ideias, v.9, n.1, p.89-100, 2018.

VASCONCELOS, Simão Dias; SOUTO, Emanuel. O livro didático de ciências no ensino fundamental – Proposta de critérios para análise do conteúdo zoológico. Ciências & Educação, v.9, n.1, p.93-104, 2003.

VESTENA, Rosemar de Fátima; LORETO, Élgion Lucio da Silva; SEPEL, Lenira Maria Nunes. Construção do heredograma da própria família: Uma proposta interdisciplinar e contextualizada para o ensino médio. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, v. 14, n. 1, p. 1-16, 2015.

VIEIRA, Alexandre Tomaz; COSTA, Manoel Moran; MASETTO, Marcos T; ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de; ALONSO, M. Gestão Educacional e Tecnologia.2ed. São Paulo: AVERCAMP LTDA, 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.22407/2176-1477/2020.v11i1.1161

ISSN: 2176-1477