Interfonologia do português na aquisição de língua espanhola por alunos de letras: propostas didático-pedagógicas

José Rodrigues de Mesquita Neto

Resumo


Esta pesquisa nasce com o objetivo de analisar as interferências que a língua materna do estudante tem sobre a língua estrangeira estudada. Além disso, dentro de um viés aplicado, objetivamos propor atividades para as aulas de língua espanhola, assim, unindo a teoria à prática, de modo interativo, com a finalidade de praticar e melhorar a pronúncia e evitar a fossilização do erro do alunado. Como aporte teórico, contamos com Selinker (1972) e Mesquita (2018) que tratam sobre o conceito de interlíngua. Já Sucla (2006) e Vázquez (2007) falam sobre o erro e a fossilização. Como metodologia, esse trabalho se caracteriza por ser qualitativo de cunho descritivo-explicativo. Nossos sujeitos são alunos do 5º período do curso de Letras-Espanhol e o corpus utilizado são as gravações de leituras. Após a análise realizada, verificamos que os fonemas mais susceptíveis à fossilização são os alveolares, sendo as vibrantes os fonemas em que os informantes mais apresentaram dificuldades de pronúncia.


Palavras-chave


Interferências. Atividades. Docentes. Fonemas. Alunado.

Texto completo:

PDF

Referências


ABADÍA, P. Métodos y enfoques en la enseñanza/aprendizaje del español como lengua extranjera. Madrid: Santillana, 2000.

ÁLVAREZ, M. P. N; RODRÍGUEZ, J. R. F. Ejercicios de fonética: Niveles avanzados y superior. Madrid: Anaya, 2002.

BRANDÃO, L. R. Yo hablo. Pero...¿Quién corrige?: A correção de erros fonéticos persistentes nas produções em espanhol de aprendizes brasileiros. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada) – Curso de Pós-Graduação em Linguística Aplicada, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2003.

BRISOLARA, L.; SEMINO, M. ¿Cómo pronunciar el español? La enseñanza de la fonética y la fonología para brasileños: ejercicios prácticos. Campinas: Pontes Editores, 2014.

FARIAS, M. S. Estudo da interlíngua de brasileiros estudantes de espanhol apoiado na análise de erros. 2007. 131f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada) – Curso de Pós-Graduação em Linguística Aplicada, Universidade Estadual de Ceará, Fortaleza, 2007.

FERNÁNDEZ, J. Fonética para profesores de español: de la teoría a la práctica. Madrid: Arco/libros, 2007.

GIL, A. C. Métodos e técnicas da pesquisa social. São Paulo: Editora Atlas, 2006.

MARTINS, M.; PACHECO, M. Temas de gramática contemporânea de la lengua española. São Paulo: Companhia Editora nacional, 2005.

MESQUITA NETO, José Rodrigues de. Interfonologia dos róticos na realização de professores de espanhol como língua estrangeira: uma visão multirepresentacional. 2018. 144f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Linguagem) – Curso de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Mossoró, 2018.

MOITA LOPES, L. P. Oficina de Lingüística Aplicada. Campinas: Mercado das Letras, 1996.

QUILIS, A. Principios de fonología y fonética españolas. Madrid: Arco Libros, 2010.

REAL ACADEMIA ESPAÑOLA. Ortografía de la lengua española. Buenos Aires: Espasa, 2011.

SELINKER, L. Interlengua. In: LICERAS, J. M. La adquisición de las lenguas extranjeras. Madrid: Visor, 1972.

SILVA, T. C. Fonética e fonologia do português. São Paulo: Contexto, 2013.

SILVEIRA, L. Vogal epentética no português brasileiro: um estudo acústico em encontros consonantais. Florianópoles. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Universidade Federal de Santa Catarina, 2007.

SUCLA, V. M. O sentido construtivo do erro no processo de alfabetização. In: VI EDUCERE - CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO DA PUCPR – PRAXIS, 2006, Curitiba. Anais, 173 – 182.

VÁZQUEZ, G. ¿Errores? ¡Sin falta! Madrid: Edelsa, 2007.

VIANA, N. Planejamento de recursos de línguas – pressupostos e recursos. In: ALMEIDA FILHO, J. (org.) Parâmetros atuais para o ensino de português língua estrangeira. Campinas, SP: Pontes, 1997.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 José Rodrigues de Mesquita Neto

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.