ESTUDO DE UM MODELO MATEMÁTICO APLICADO AO CONTROLE BIOLÓGICO DA Ceratitis capitata (WIEDEMANN) (DIPTERA: TEPHRITIDAE) PELO Diachasmimorpha longicaudata (ASHMEAD) (HYMENOPTERA: BRACONIDAE) NA FRUTICULTURA BRASILEIRA

Viviane de Lima Noronha, Rosana da Paz Ferreira

Resumo


 Os maiores prejuízos causados à fruticultura pelas moscas-das-frutas estão relacionados aos problemas fitossanitários, que vão desde a queda precoce dos frutos até a sua desqualificação para a indústria e consumo in natura. Métodos que visam minimizar os prejuízos econômicos e que são concomitantemente viáveis ao meio-ambiente e eficazes no combate às moscas-das-frutas, como por exemplo, o controle biológico que ocorre através de inundações de parasitoides, como o Diachasmimorpha longicaudata, vêm sendo estudados e estimulados. Existem diversos modelos matemáticos que simulam a dinâmica entre espécies. Dentre esses modelos destacamos o de Lokta-Volterra clássico, que também é conhecido como o modelo "presa-predador". Mediante ao exposto, este trabalho teve como objetivo estudar um modelo matemático do tipo Lotka-Volterra aplicado ao controle biológico da mosca-das-frutas Ceratitis capitata pelo Diachasmimorpha longicaudata e a fruticultura nacional; partindo de uma sobre os principais dados biológicos e ecológicos dessas espécies, informações essas essenciais para a formulação do modelo proposto. A metodologia da pesquisa foi composta por duas etapas que consistiram em coleta de dados e definição de variáveis, como primeira parte e, montagem, plotagem e validação do modelo, como segunda parte da metodologia.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22407/1984-5693.2017.v9.p.2-25

PARA FAZER O DOWNLOAD DAS NORMAS PARA PUBLICAÇÃO, ACESSE O ARQUIVO EM PDF DISPONÍVEL NO VOLUME 2 (2010).

Este periódico está indexado em:

 

Resultado de imagem para livre periodicos na internet

Esta revista participa do programa: