COMPARAÇÃO ENTRE TÉCNICAS SIMPLES E A ANÁLISE DE ESPECTROSCOPIA NO INFRAVERMELHO NA CARACTERIZAÇÃO DE POLÍMEROS RECICLÁVEIS

Fábio E. Jorge, Márcia Angélica F.S. Neves

Resumo


Os polimeros sao associados a problemas ambientais por terem baixa degradabilidade e um descarte equivocado, seja por parte da populacao ou pelas empresas que nao codificam o produto produzido. Este trabalho se propos a discutir as formas de caracterizacao dos materiais polimericos termoplasticos atraves de tecnicas mais simples, como densidade e combustao, utilizadas em cooperativas de reciclagens, e comparando com uma tecnica mais avancada, como espectrometria de infravermelho. Como resultado, pode ser observado que as metodologias para a caracterização dos polimeros utilizados se mostraram satisfatorias. A tecnica de IR foi a de maior eficiencia, conforme esperado. Observou-se tambem a importancia de se ter uma simbologia correta dos materiais produzidos nas embalagens, pois assim economiza-se tempo na identificacao do material para sua reciclagem, aumentando a produtividade, pois nao tera uma etapa extra, que seria a de identificacao atraves desses testes.


Texto completo:

PDF


PARA FAZER O DOWNLOAD DAS NORMAS PARA PUBLICAÇÃO, ACESSE O ARQUIVO EM PDF DISPONÍVEL NO VOLUME 2 (2010).