O SOL E SEUS EFEITOS: A ABORDAGEM DA TEMÁTICA DAS RADIAÇÕES SOLARES NA EDUCAÇÃO BÁSICA

Peterson Fernando Kepps da Silva

Resumo


O Brasil apresenta um extenso território e uma grande variedade de climas. É conhecido por ser um país tropical devido a sua posição geográfica – o que favorece e possibilita o clima quente. A ideia de “terra do sol quente”, calor e povo caliente tem como protagonista o sol, os raios solares. Somos e estamos expostos diariamente a radiação ultravioleta (UV). Por isso, torna-se pertinente a problematização das radiações solares no espaço escolar, tendo em vista que este é um assunto presente na vida das pessoas, próximo e que produz efeitos nos vegetais e animais, o que inclui nós, seres humanos. O presente artigo busca analisar a abordagem da temática das radiações solares em seis escolas de Ensino Fundamental e Médio do município de Rio Grande – RS, levando em consideração a importância da temática das radiações solares neste ambiente. A metodologia utilizada foi entrevista semiestruturada, no ano de 2016, com professores de Ciências e Biologia de escolas públicas do referido município. A análise permitiu-nos perceber que metade dos professores entrevistados discute as radiações solares no ensino de ciências e biologia e a outra metade não. Além disso, com relação aos motivos que levaram os professores a tratar ou não do tema, pairamos entre o interesse pessoal de cada profissional e a lista de conteúdos programáticos como elementos que sinalizam essa tomada de decisão dos professores. 


Palavras-chave


radiações solares; ensino de ciências; ensino de biologia; currículo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22407/2176-1477.2017v8i1.655